PCCR traz equiparação salarial as categorias de base da PCPB

image_pdfimage_print

O governador João Azevêdo (PSB) publicou em edição extra do Diário Oficial do Estado nesta sexta-feira 01 de julho de 2022 a Medida Provisória de nº 310/2022 que institui o Plano de Cargo, Carreira e Remuneração da Polícia Civil.

O pleito atende a uma reinvindicação histórica da categoria. O texto foi construído após diversas rodadas de negociações entre as associações e sindicatos que representam a Polícia Civil, equipe técnica do estado e o próprio governador.

Dentre as principais conquistas estão à equiparação salarial das categorias da base da PC e IPC, garantia das progressões verticais e horizontais com critérios objetivos e sem limite de vagas para progredir, etc.

Após as negociações da data base do reajuste dos servidores do estado em janeiro de 2022, o governador autorizou a criação de uma comissão para elaborar um anteprojeto de PCCR da PCPB, o Delegado Geral
Dr. André Rabelo, iniciou os trabalhos com a criação comissão composta por 17 membros o resultado foi entregue ao governo do estado para aprovação.

O governo deixou de atender um dos principais pleitos das entidades representativas, que desde 2018 vem unificadamente solicitando ao governo do estado que retire a Paraíba do último lugar no ranking de pior salário do país, as entidades pedem uma recomposição com base na media salarial do Nordeste o que no mínimo atenderia as entidades.

Com a conclusão dos trabalhos neste momento foi solicitado à continuidade do dialogo para construção da recomposição com base na media Nordeste ficará para próximo ano.

Foto arquivo

One thought on “PCCR traz equiparação salarial as categorias de base da PCPB

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Habilitar notificações    OK Não Obrigado