Ministro candidato na Argentina, Massa anuncia pacote econômico para compensar choque recente

GettyImages 1420845669

O ministro da Economia da Argentina anunciou, no domingo (27), uma série de medidas econômicas, em um esforço para responder à difícil situação atravessada pelo país, poucas semanas após as primárias presidenciais castigarem o governo nas urnas.

Também candidato presidencial pelo governismo, Massa disse que as medidas são destinadas a “cuidar das famílias argentinas”, que têm sofrido as consequências da desvalorização cambial, da seca e da falta de reservas em dólares. Elas incluem benefícios para aposentados, pequenas e médias empresas, trabalhadores independentes, assalariados, o setor agrário e grupos que dependem de programas do Estado, indicou, e também créditos, benefícios ou redução de impostos, entre outras.

Os aposentados, estimados em 7 milhões, receberão em setembro, outubro e novembro um adicional de 37 mil pesos argentinos (US$ 105), elevando a pensão mínima a 124 mil pesos (US$ 354). Além disso, caso comprem com cartão terão devolução do valor pago com o imposto sobre valor agregado até 18 mil pesos (US$ 51), e terão ainda oferta de créditos preferenciais. O objetivo para este grupo é “continuar a cuidar de nossos aposentados”, que, segundo Massa, recebem também medicamentos grátis.

Os trabalhadores independentes estarão isentos de pagar impostos durante seis meses e terão acesso a crédito, entre outras medidas, acrescentou. Também haverá créditos especiais para assalariados a taxas especiais, para que possam saldar dívidas e créditos, segundo o ministro.

Haverá reforço no chamado “Cartão Alimentação” para as mães, que irá aumentando conforme o número dos filhos. No setor agrário, haverá financiamento para fertilizantes para os produtores em setores declarados em “emergência” pela seca, e ainda apoio para os campos serem semeados, detalhou Massa nas redes sociais. No caso da farinha, do aceite e da soja, se facilitará crédito como incentivo à manutenção de empregos, incentivando também a criação de postos no longo prazo, acrescentou.

Massa ainda anunciou US$ 770 milhões para financiamento a exportações, o que segundo ele ajudará a apoiar as reservas. Os anúncios ocorrem após vários supermercados e comércios de diferentes cidades terem sido alvo de violentos saques nos últimos dias no país.

A violência levou muitos negócios a fechar sua porta. A pobreza afeta quase 40% da população e a inflação está em 113,4%, na comparação anual de julho. Há ainda a incerteza eleitoral antes da disputa de 22 de outubro, após o ultradireitista Javier Milei aparecer à frente nas primárias. Fonte: Associated Press.

Newsletter
Infomorning
Receba no seu e-mail logo pela manhã as notícias que vão mexer com os mercados, com os seus investimentos e o seu bolso durante o dia

Ministro candidato na Argentina, Massa anuncia pacote econômico para compensar choque recente appeared first on InfoMoney.

Estadão Conteúdo

Estadão Conteúdo