Após atleta ser agredido em campo, Treze pede suspensão de treinador do Esporte de Patos

O Treze abriu uma representação na Federação Paraibana de Futebol (FPF-PB) solicitando a suspensão do técnico Júlio Cezar, do Esporte de Patos. O motivo da solicitação é uma agressão cometida pelo treinador contra um jogador do elenco sub-20 do Galo da Borborema na última quarta-feira (19). Em resposta ao episódio, o time patoense decidiu afastar o profissional por tempo indeterminado das atividades da agremiação.

Veja:


No comunicado, o Treze manifesta total repúdio à atitude do treinador e lista uma série de medidas tomadas pelo clube em relação ao ocorrido no Estádio José Cavalcanti, em Patos. Além do pedido de suspensão à FPF-PB, o Treze também notificou o Conselho Regional de Educação Física (Cref-PB) sobre o caso. Além disso, o clube está oferecendo suporte pessoal e psicológico ao jogador Everton, que foi vítima da agressão.

O time forneceu esclarecimento jurídico para Everton e sua família, possibilitando que eles possam decidir se tomarão providências judiciais relacionadas ao episódio.

A nota encerra com um apelo do Treze à sua torcida para o jogo de volta das oitavas de final do Campeonato Paraibano Sub-20, que acontecerá na próxima segunda-feira (24), às 19h, no Estádio Amigão. O clube pede que seus torcedores promovam um “espetáculo de paz”. Na beira do gramado, comandando o Esporte de Patos, estará o preparador físico Alexandre Lócio, substituindo o técnico suspenso, Júlio Cezar.

Após atleta ser agredido em campo, Treze pede suspensão de treinador do Esporte de Patos apareceu primeiro em WSCOM.

Wallyson

Wallyson