Jovem que morreu em acidente com parapente foi orientado a não voar no dia, diz irmã


Alexandre Pereira Alves perdeu o controle do parapente e caiu cerca de aproximadamente 40 metros. Velório aconteceu em Campina Grande. Alexandre Pereira Alves tinha 26 anos e morreu após cair de parapente Reprodução/TV Cabo Branco O jovem Alexandre Pereira Alves, de 26 anos, que morreu após cair de uma altura de aproximadamente 40 metros durante um voo de parapente em Alagoa Grande, no Agreste paraibano, foi orientado a não voar no dia do acidente, segundo informou a irmã dele, Andressa Pereira, durante o velório, na segunda-feira (22). “O que a gente soube foi que ele foi orientado a não voar, mas aí ele voou. Estava ocorrendo tudo bem, só que na hora do pouso, a vela deu um ‘charuto’ e infelizmente se deu a fatalidade. O charuto é um giro 360 graus que dá na vela e que os pilotos apelidaram por este nome porque a manobra enrola todo o equipamento”, disse Andressa. O acidente foi registrado em vídeo por moradores de Alagoa Grande. Jovem de 26 anos morre após acidente de parapente Alexandre nasceu em Maturéia, no Sertão paraibano, mas morava em Campina Grande e trabalhava como auxiliar de cultivo na Associação Brasileira de Apoio Cannabis Esperança (Abrace). Os colegas de trabalho se solidarizaram com a família durante o velório, que aconteceu em uma funerária no bairro do São José, em Campina Grande. “Ele era muito querido, era sempre muito prestativo. Era quieto, não gostava muito de fotos, mas era concentrado, cuidava das plantas da Abrace, era carinhoso e isso chamava muito a atenção. É uma perda muito grande que a gente está tendo”, disse Cassiano Teixeira, diretor da Abrace. Segundo a família, Alexandre era iniciante no parapente, mas amava o esporte. “Ele estava muito feliz que ia fazer essa viagem [para Alagoa Grande, onde aconteceu o acidente]. Era o esporte preferido dele, tudo o que ele amava. Para todos os lugares que ia, ele levava a mochilinha do parapente e em qualquer lugar, no campo, onde tivesse um ventinho ele levantava voo”, completou Andressa. O corpo de Alexandre foi levado de Campina Grande para Maturéia, onde ele nasceu, e o enterro deve acontecer às 10h desta terça-feira (23) no cemitério municipal. Vídeos mais assistidos da Paraíba
Habilitar notificações    OK Não Obrigado