Plano de governo: Adriano Trajano (PCO)


Entre as propostas, estão combate ao desemprego, reforma agrária e urbana e redução da jornada de trabalho diária. Plano de governo de Adriano Trajano (PCO) Arte/g1 O candidato ao governo da Paraíba nas Eleições 2022 pelo PCO, Adriano Trajano, apresentou seu plano de governo ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Veja o plano de governo de Adriano Trajano (PCO) O documento tem 7 páginas, e apresenta medidas que o candidato ao governo da Paraíba pretende cumprir caso seja eleito. Segundo o documento, as diretrizes do plano de governo de Adriano Trajano se baseiam em pontos centrais que se dividem em áreas como combate ao desemprego, reforma agrária e urbana, e redução da jornada de trabalho (confira abaixo). Emprego e renda O candidato do PCO propõe a redução da jornada de trabalho para cinco horas por dia e, no máximo, 35 horas semanais. Também pretende proibir demissões e readmissões das pessoas demitidas durante a pandemia da Covid-19. Adriano Trajano também sugere a reposição integral de 100% das perdas salariais e a proibição de despejos e cortes de serviços essenciais. Economia Adriano Trajano também propõe unificar os trabalhadores das estatais para combater a privatização dos Correios, Eletrobrás, Petrobrás e CEF, e reduzir imediatamente o preço dos combustíveis em 50%. Educação Para educação, o candidato do PCO pretende destinar verbas públicas para o ensino público e acabar com os vestibulares, proporcionando livre ingresso nas universidades. Segurança Adriano Trajano também sugere a dissolução da Polícia Militar e de "todo aparato repressivo", formando comitês de autodefesa dos trabalhadores da cidade. Vídeos mais assistidos do g1 Paraíba
Habilitar notificações    OK Não Obrigado