Campina Grande aguarda novas doses para iniciar vacinação contra a Covid-19 de crianças entre 3 e 5 anos


Município aguarda a chegada de novas doses do Ministério da Saúde. Imunizante para este público deve ser apenas o da CoronaVac, também usado em adultos, sem adaptação de versão pediátrica. Imunizante infantil contra a Covid-19 está em falta em Campina Grande g1 Arquivo A cidade de Campina Grande não iniciou a vacinação contra a Covid-19 de crianças com idade entre 3 e 5 anos. Motivo é a falta do imunizante específico para este público, que deve ser apenas a vacina CoronaVac, a mesma usada em adultos, sem adaptação de versão pediátrica. Município aguarda a chegada de novas doses do Ministério da Saúde. De acordo com a gerente de Atenção Básica de Campina Grande, Samira Luna, toda a logística já foi traçada para a imunização deste grupo, "inclusive já foi entrado em contato com as instituições que atendem crianças nessa faixa etária. Só não iniciamos ainda porque o município não recebeu a vacina coronavac para esse público-alvo", relatou. O g1 entrou em contato com a Secretaria de Estado da Saúde (SES), para saber se há alguma previsão de chegada ou repasse de novas doses aos municípios. O órgão informou que "realizou o envio de 1.020 doses para municípios que estava com o estoque zerado, para atender a essa população". Porém, não há previsão do Ministério para envio de novas doses, o que inviabiliza o avanço da imunização em Campina Grande, e em outros municípios que não dispõem da CoronaVac. A respeito das doses que foram destinadas aos municípios com estoque zerado, Campina Grande não recebeu porque tinha um pequeno quantitativo disponível, mas, por ser o mesmo imunizante aplicado em adultos, não houve a possibilidade de segurar para o público de 3 a 5 anos de idade, visto que a imunização desses só iniciou em 21 de julho. De acordo com a secretária de Saúde da Paraíba, Renata Nóbrega, o público com essa faixa etária corresponde a 114 mil crianças em todo o estado. Aos demais municípios, recomendação é que "façam a gestão dos quantitativos disponíveis dessa vacina em seus estoques, com o intuito de garantir a segunda dose com o intervalo de 28 dias, até que os estoques sejam restabelecidos pelo Ministério da Saúde", disse Renata. João Pessoa já iniciou a imunização de crianças entre 3 e 4 anos desde o dia 21 de julho. Nesta quinta-feira (11), a imunização também está disponível para esse público, sem comorbidades ou deficiência, nas unidades de saúde da família (USFs), nas policlínicas municipais, no Mangabeira Shopping e no Centro Municipal de Imunização (CMI), situado no bairro da Torre. Vídeos mais assistidos do g1 Paraíba
Habilitar notificações    OK Não Obrigado