Professor da UFPB é preso suspeito de estupro, durante operação do Gaeco, no campus de Areia


Prisão aconteceu durante ação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e da Polícia Militar, que visa identificar pessoas com contratadas pelo poder público que tenham mandados de prisão em aberto. Professor da UFPB é preso por estupro no campus de Areia Mário Aguiar/TV Paraíba Um homem de 50 anos, professor da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), foi preso suspeito de estupro no final da manhã desta quarta-feira (10), no campus onde dava aula, em Areia, no Brejo paraibano. O g1 entrou em contato com a UFPB, por mensagem via aplicativo e e-mail, para solicitar um posicionamento sobre o caso, mas não obteve resposta até a última atualização desta notícia. A prisão aconteceu durante ação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e da Polícia Militar, que visa identificar pessoas com contratadas pelo poder público que tenham mandados de prisão em aberto. O mandado foi expedido pela 7ª Vara Criminal de João Pessoa, em 2019. As informações sobre onde e quando o crime aconteceu não foram divulgadas. De acordo com a Polícia Militar, o professor foi encaminhado para a delegacia de Areia. Vídeos mais assistidos do g1 Paraíba
Habilitar notificações    OK Não Obrigado