Entenda o que faz carros em ponto morto subirem ladeira de ré no Sertão da Paraíba; VÍDEO


Professor de física, Rosinaldo Farias, explicou o fenômeno dizendo que o local é o que se chama de 'ladeira magnética'. Entenda o que faz carros em ponto morto subirem ladeira de ré no Sertão da Paraíba Quem passa pela PB-110, na Serra de Teixeira, Sertão da Paraíba, vive uma experiência um pouco diferente enquanto comanda – ou não – o volante. É que os carros, mesmo estando em ponto, sobem uma ladeira de ré. O g1 conversou com o professor de física, Rosinaldo Farias, que explicou o fenômeno. O local, segundo o professor, é o que se chama de “ladeira magnética”. Ainda de acordo com ele, o que os motoristas acham que é uma subida, na verdade, é uma descida. Por isso, tudo não passa de uma ilusão de ótica. “É o relevo do entorno da pista que faz com que ela pareça um declive. De um ponto a outro, constata-se que [eles] não têm a mesma altura. A de baixo é superior a de cima. O que parece subida, é descida”, explicou. Carros em ponto morto sobem ladeira de ré no Sertão da Paraíba Beto Silva/TV Paraíba O professor informou, que na maioria das vezes, o horizonte não está visível. Por causa disso, não há referência para enxergar a inclinação da estrada. “Quando o horizonte se encontra à vista, coisas como, por exemplo, árvores e postes também servem de referência visual, reforçando ali aquilo que acontece é ilusão de ótica”, reforçou. Entenda o fenômeno físico que causa ilusão de ótica em ladeira do Sertão da PB Portanto, o carro não desce a ladeira porque onde ele se encontra, na realidade, é uma descida e não subida, devido à uma diferença de nível. “Isso não está contraindo nenhuma lei da física, é um movimento espontâneo. Não tem nada a ver com força magnética”, concluiu. Vídeos mais assistidos do g1 Paraíba
Habilitar notificações    OK Não Obrigado