Nilvan Ferreira defende reformulação do PCCR dos professores no 1º ano de mandato


Proposta estabelece que professores tenham formação continuada, melhorias na infraestrutura e salários adequados. Pré-candidato do PL participou de sabatina na CBN Paraíba. Nilvan Ferreira (PL) na Sabatina CBN com pré-candidatos ao governo da Paraíba Wellington Faustino/TV Cabo Branco O pré-candidato ao governo da Paraíba Nilvan Ferreira (PL) afirmou nesta quarta-feira (20) que defende a recomposição do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) dos professores logo no primeiro ano de mandato, caso seja eleito. Além disso, prometeu desengavetar o projeto do Porto de Águas Profundas no litoral Norte, que, de acordo com ele, pode gerar cerca de 30 mil empregos diretos. Na sabatina realizada pela rádio CBN e Jornal da Paraíba, Nilvan fez críticas à Educação no estado, com relação à evasão escolar, e à redução dos índices escolares, de português e matemática, divulgados pelo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). O pré-candidato prometeu fazer um mapeamento de todos os problemas enfrentados na educação, e disse que fará um grande esforço concentrado, uma espécie de mutirão, para resolver o problema de infraestrutura nas escolas. Nilvan disse que uma prioridade de seu governo, caso eleito, será a recomposição do PCCR dos professores. "Todo governo eles pedem, imploram, tem audiência, tem discussão, e isso não é feito", disse ele. "Eu acho que a gente precisa logo em 2023 avançar nesse aspecto, como forma de fazer recomposições importantes pra recuperar a carreira do magistério no nosso estado". "Como é que eu vou cobrar do meu professor que ele me ajude nos índices a alcançar uma evolução importante na educação, se eu não tenho formação continuada, se eu não tenho infraestrutura, se eu não tenho salário?", indagou o pré-candidato, ao comentar que "valorização dos professores significa salário". Construção do Porto de Águas Profundas no litoral Norte Durante a sabatina realizada nesta terça-feira, Nilvan Ferreira (PL) declarou que há duas questões a serem analisadas: a revitalização do Porto de Cabedelo e a construção do Porto de Águas Profundas. "O Porto de Cabedelo tem que receber dragagem, tem que ter a sua reestruturação, pode servir, inclusive, como porto para algumas outras atividades", disse o pré-candidato. A construção do Porto de Águas Profundas, segundo Nilvan, promoveria uma concorrência direta com o Porto de Suape, em Pernambuco. "Os estudos técnicos apontam que ele é um Porto que está muito mais próximo da Europa e de outros mercados importantes mundiais", argumentou. A proposta estabelece que, a partir de uma parceria público-privada, grande parte dos negócios que são feitos no Porto de Suape migrem para a Paraíba, porque, segundo Nilvan, "economicamente, em termo de negócio, logística etc, ele é muito mais viável" e que "o estado precisa ser o fomentador do projeto". Sabatina da CBN A sabatina realizada no estúdio da CBN foi mediada por Laerte Cerqueira, com participação de Angélica Nunes e João Paulo Medeiros. A iniciativa faz parte do projeto de cobertura das Eleições 2022 da Rede Paraíba. O objetivo é permitir que o eleitor conheça as propostas, qualidades, ideias e até fraquezas dos principais pré-candidatos ao governo da Estado. Nilvan Ferreira (PL) participou da última entrevista nesta quarta-feira. Foi considerado o critério de representação na Câmara Federal, e por isso, os pré-candidatos Antônio Nascimento (PSTU) e Major Fábio (PRTB) não participaram. Vídeos mais assistidos do g1 Paraíba
Habilitar notificações    OK Não Obrigado