FIEP comemora 73 anos de trabalho pelo futuro da indústria paraibana


No último domingo, 17, a federação completou 73 anos de comprometimento e responsabilidade com o setor industrial do estado, a partir de ações e campanhas relevantes para o desenvolvimento econômico. Sede da FIEP, no bairro do José Pinheiro em Campina Grande. Divulgação/Fiep A Federação das Indústrias do Estado da Paraíba - FIEP nasceu em 1949 para contribuir de forma sustentável para o desenvolvimento do setor industrial na Paraíba e atuar como agente transformador da sociedade. A entidade de maior representatividade industrial do estado, filiada à Confederação Nacional da Indústria - CNI, completou no último domingo, 17, 73 anos de trabalho em prol da indústria. Desde que foi criada, a entidade assumiu um importante papel junto a classe empresarial paraibana, e nas últimas décadas teve sua marca e credibilidade atreladas a campanhas relevantes para o fomento da indústria regional. Do sertão ao litoral do estado, a FIEP encabeça importantes pleitos e se tornou palco de grandes diálogos entre as classes empresariais e políticas em busca de uma maior mobilização de políticas econômicas. Entre as ações realizadas pela FIEP, inúmeras tiveram significativa importância para o desenvolvimento do estado, como por exemplo, as campanhas da instituição pela transposição das águas do Rio São Francisco e pela chegada do gasoduto a Campina Grande. Em 2020, a federação foi sede do lançamento, na Paraíba, do programa Mobiliza Brasil - Mobilização pelo Emprego e Produtividade, do Governo Federal, que busca colaborar com a produtividade e competitividade. Participaram do evento representantes do setor produtivo do estado, o então Secretário Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia (SEPEC/ME), Carlos da Costa, o diretor Técnico do Sebrae Nacional, Bruno Quick, de representantes da Associação Comercial e Empresarial e da Câmara de Dirigentes Lojistas de Campina Grande, além da Secretária de Desenvolvimento Econômico do município, Rosália Lucas. Além disso, em conjunto com outras entidades importantes do estado da Paraíba, a FIEP pleiteou a duplicação da BR-230, no trecho que compreende Campina Grande a Praça do Meio do Mundo, em Pocinhos. Em novembro de 2021, a federação foi palco de um ato em prol da duplicação e reuniu parlamentares e representantes do setor produtivo. Durante o evento, o comitê, criado para esse pleito, discutiu a criação de um Fórum Permanente da Borborema, para propor soluções para as demandas de Campina Grande e de municípios da região. A Ordem de Serviço para o início das obras da duplicação do trecho da BR-230 foi assinada no mês de junho. Na época, o presidente da FIEP, Buega Gadelha, celebrou essa conquista para o estado. “Nos sentimos honrados em fazer parte de um movimento tão importante, além de ter a certeza de que a FIEP, como entidade representante do setor produtivo, fortaleceu a conquista deste pleito. Essa obra é algo fundamental para a logística do estado e trará mais segurança para quem trafega por Campina Grande. O projeto que já estava pronto, agora sairá do papel”, ressaltou o presidente da federação. Outro fato importante, que a entidade teve participação ativa, foi a campanha “Vamos gritar por um Calado!”, em 2008, que buscava melhorias nas condições do Porto de Cabedelo, que na época sofria com interdições por conta das más condições de segurança oferecidas aos portuários avulsos que trabalhavam na carga e descarga no cais, bem como a baixa profundidade do calado do porto, que fazia com que o local recebesse poucas embarcações. A campanha pleiteava a ampliação da dragagem e do calado do Porto de Cabedelo, com o objetivo de oferecer à unidade portuária, uma maior oportunidade para o atracamento de grandes embarcações. Durante a pandemia do coronavírus, a entidade também teve ampla participação e colaboração no combate ao vírus, através do SESI, com ações como a colaboração com o processo de testagem de Covid-19 em João Pessoa, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde. Entre dezembro de 2021 e janeiro de 2022 foram realizados quase mil testes pela equipe da secretaria no posto fixo montado na federação, no bairro Trincheiras, em João Pessoa. Além disso, o SESI contribuiu significativamente no avanço da vacinação, disponibilizando o espaço de suas unidades pelo estado para auxiliar na campanha contra a Covid-19. Com esse apoio, foram aplicadas mais de 95 mil doses da vacina nos pontos de imunização instalados nas unidades da instituição no estado. Através do SENAI, a federação também tem sido um grande veículo de transformação da sociedade. Nos últimos cinco anos, foram realizadas cerca de 110.725 matrículas na educação profissional presencial e à distância nos centros de formação do Departamento Regional do SENAI. São mais de sete décadas defendendo os interesses do setor industrial paraibano, sendo reconhecida como a entidade de maior representatividade da indústria e palco de diversas pautas que foram importantes para o fomento do setor produtivo da Paraíba. A responsabilidade e o comprometimento foram e sempre serão os principais fundamentos da federação pelo progresso econômico do estado. FIEP, 73 anos promovendo o desenvolvimento pelo futuro da indústria.
Habilitar notificações    OK Não Obrigado