Suspeito de ser mandante do assassinato de estudante dentro de escola em João Pessoa é preso


Dois filhos do homem, presos no início de julho, são suspeitos de invadir a escola e atirar contra a vítima. Crime aconteceu dentro da ECI Cineasta Linduarte Noronha, no bairro de Gramame, em João Pessoa Reprodução/TV Cabo Branco O homem suspeito de ser o mandante do assassinato de estudante João Vitor Fontes da Silva, dentro da Escola Cidadã Integral Cineasta Linduarte Noronha, em João Pessoa, foi preso nesta terça-feira (19). Ele foi preso durante uma operação conjunta das Polícias Militar e Civil em Santa Rita. Dois filhos dele também teriam participação no crime. Compartilhe esta notícia no Whatsapp Compartilhe esta notícia no Telegram O crime aconteceu no dia 1º de junho. Dois filhos do suspeito presa nesta terça-feira foram presos em 6 de julho. A dupla é suspeita de invadir a escola e matar a vítima. Segundo a Polícia Militar, o suspeito era procurado por ser apontado como o mandante desse crime e de outros cometidos na região de Gramame, onde seria líder de uma facção criminosa. Ele foi encontrado escondido na casa de familiares. LEIA TAMBÉM: MORTO NA SALA DE AULA: relembre o crime PRIMEIRA PRISÃO: dupla é suspeita de matar vítima em sala de aula O homem já responde pelos crimes de tráfico de drogas, porte ilegal de arma e homicídios. Ele foi encaminhado para a Delegacia de Homicídios, no bairro do Geisel. João Vitor tinha 18 anos e havia sido contratado pelo Santa Fé de Pernambuco há pouco menos de um mês Reprodução/Instagram Vídeos mais assistidos do g1 Paraíba
Habilitar notificações    OK Não Obrigado