Tragédia de Livramento: corpos de duas vítimas e do atirador são enterrados, no interior da Paraíba


Enterro das três vítimas ocorreu no cemitério da cidade de Livramento, na manhã deste sábado (16). A ex-esposa que também foi baleada está internada no Hospital de Trauma de Campina Grande, em estado clínico estável. Corpos de duas vítimas e do atirador são enterrados, no interior da Paraíba Reprodução/TV Paraíba Foram enterrados, na manhã deste sábado (16), os corpos das vítimas da tragédia de Livramento, no Cariri da Paraíba, onde um vigilante atirou contra a ex-esposa, matou a mãe e o sobrinho dela e, logo em seguida, tirou a própria vida. Os corpos das vítimas foram enterrados no cemitério de Livramento. Primeiro, o corpo de Jardel Rodrigues Matias, de 36 anos, foi enterrado, por volta das 10h. Os corpos da aposentada Maria do Socorro Nascimento, de 69 anos, e do adolescente de 16 anos foram enterrados por volta das 12h15. A ex-esposa do atirador foi socorrida e levada para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, onde deu entrada com um tiro no tórax. Ela passou por procedimento cirúrgico na noite de sexta-feira (15), e o estado clínico dela é estável. Entenda o caso O crime aconteceu por volta das 21h de quinta-feira (14), quando o vigilante Jardel Rodrigues Matias entrou na casa da ex-sogra. De acordo com a Polícia Militar, o vigilante entrou na casa para matar a ex-mulher, pela não aceitação do término do relacionamento do casal, mas na hora dos tiros, a mãe dela se atravessou. A aposentada, Maria do Socorro Nascimento, de 69 anos, morreu na hora. Ainda conforme a PM, um adolescente de 16 anos, que era sobrinho da ex-esposa, foi baleado na perna e a Polícia Civil acredita que o tiro atingiu a femoral, uma vez que ele não resistiu ao ferimento. De acordo com a delegada que investiga o caso, Mairam Moura, o vigilante chegou na casa e bateu na porta. A ex-sogra atendeu e ele atirou nela, que caiu na porta da frente. Em seguida ele entrou e atirou na ex-esposa, saindo da residência e voltando minutos depois. Neste momento, o adolescente estava na porta, quando foi baleado. Jardel então teria entrado novamente na casa e cometido suicídio dentro do banheiro. Vídeos mais assistidos do g1 Paraíba
Habilitar notificações    OK Não Obrigado