Mulher é vítima de violência doméstica e tem parte da orelha decepada, no Sertão da Paraíba

Caso aconteceu na tarde da última quarta-feira (13). Marido, suspeito da agressão, está foragido. Uma mulher teve parte de sua orelha decepada ao ser foi vítima de violência doméstica, na tarde da última quarta-feira (13), na cidade de Bernardino Batista, região intermediária de Cajazeiras, Sertão paraibano. Segundo o delegado Ilamilton, ela também foi espancada com socos e puxões . O suspeito das agressões é o marido da vítima e está foragido até o momento. LEIA TAMBÉM: Casos de feminicídios constam como homicídios simples no TJPB Paraíba tem média de dois feminicídios por mês em 2021 A PM foi acionada e a vítima foi conduzida ao Centro Médico de Uiraúna, cidade vizinha. Após atendimento, ela foi até a Delegacia Civil de Cajazeiras, onde conseguiu uma medida protetiva contra o suspeito, que segue foragido. Veja como denunciar De acordo com o artigo 5º da Lei Maria da Penha, a violência contra a mulher é caracterizada como “qualquer ação ou omissão baseada no gênero que lhe cause morte, lesão, sofrimento físico, sexual ou psicológico e dano moral ou patrimonial”. O atendimento às vítimas pode ser realizado direto nas Delegacias Especializadas de Atendimento à Mulher (disque 180). Para casos de emergência, a Polícia Militar deverá ser acionada (disque 190). Para denúncias anônimas, busque a Polícia Civil (disque 197). O centro de Referência da Mulher Ednalva Bezerra, em João Pessoa, que acolhe mulheres vítimas de violência, pode ser acionado pelo número 0800 283 3883. Vídeos mais assistidos do g1 Paraíba
Habilitar notificações    OK Não Obrigado