Polícia cumpriu 24 mandados de prisão e prendeu 7 pessoas em flagrante no São João 2022 de Campina Grande


Dados das ações de segurança foram divulgados pelas polícias Civil e Militar, nesta terça-feira (12), em coletiva de imprensa. Esquema de segurança montado no Parque do Povo, no São João de Campina Grande, PB Divulgação/Prefeitura Municipal de Campina Grande As polícias Civil e Militar da Paraíba divulgaram nesta terça-feira (12) os dados das ações de segurança efetuadas durante o São João 2022 de Campina Grande, que aconteceu de 10 de junho a 10 de julho. Segundo as informações divulgadas, 24 mandados de prisão foram cumpridos durante a festa. LEIA TAMBÉM: Apresentador do São João de Campina Grande é preso suspeito de desacato e embriaguez ao volante Taty Girl interrompe show para impedir agressão contra mulher no São João 2022 de Campina Grande Dos mandados de prisão cumpridos no Parque do Povo, 24 foram efetivados pela Polícia Civil, sendo 17 deles por reconhecimento facial com auxílio de câmeras de segurança, e dois de pessoas que estavam com tornozeleira eletrônica. Em uma única noite, 10 pessoas foragidas da Justiça foram reconhecidas e presas no Parque do Povo. Pelo menos 7 prisões aconteceram em flagrante, três delas referentes ao crime de tráfico de drogas. Uma das pessoas presa por esse crime foi detida em um show no início do São João de Campina Grande, solta em audiência de custódia, e presa novamente em um show no fim da festa, segundo a polícia. As outras prisões em flagrante registradas foram pelos crimes de embriaguez ao volante e desacato, importunação sexual e furto. A Polícia Civil também informou que, apenas no Parque do Povo, efetuou 311 procedimentos, e 271 boletins de ocorrência foram prestados, sendo 29 por furto e 5 boletins por roubo de celular, dentro do Parque do Povo. Entre os dias 1ª de junho e 10 de julho, a Polícia Militar prendeu 196 pessoas em Campina Grande, sendo a maior parte delas por violência doméstica, agressão e tráfico de drogas, dentro e fora das festas. Em toda a Paraíba, foram 1836 prisões foram efetuadas no período. A Polícia Militar informou que 246 armas foram apreendidas na Paraíba no mesmo período, sendo 28 em Campina Grande, e 61 veículos roubados foram recuperados na cidade. Balanço dos dados De acordo com o secretário de Segurança Pública da Paraíba, Jean Nunes, os dados indicam uma redução na ocorrência de crimes durante o São João 2022 de Campina Grande em comparação com a edição do evento em 2019. O secretário afirmou que a quantidade de eventos aumentou durante o período junino em toda a Paraíba este ano aumentou. Em 2019, antes da pandemia de Covid-19, 446 eventos pediram a presença das forças de segurança, enquanto em 2022, mais de 900 eventos tiveram acompanhamento das polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros e demais órgãos. Ainda de acordo com o secretário, uma média de 45 mil pessoas passaram no Parque do Povo por noite, o que totaliza cerca de 2 milhões de pessoas na festa durante os 30 dias. Parque do Povo lotado no show de Gusttavo Lima no São João 2022 de Campina Grande Emanuel Tadeu / PMCG Em algumas noites, o Parque do Povo atingiu a lotação máxima de pessoas. No show do cantor Zé Vaqueiro, a Polícia Militar foi acionada para conter pessoas que tentaram entrar no local, que já estava de portas fechadas e registrou recorde de público. Jean Nunes afirmou que acompanha os debates sobre uma possível ampliação do Parque do Povo para os próximos festejos juninos. "Houve uma dificuldade na contenção de pessoas, o que é natural em razão do grande público. Mas, vamos continuar prontos para garantir a segurança do evento onde ele for realizado", concluiu. Vídeos mais assistidos do g1 Paraíba
Habilitar notificações    OK Não Obrigado