Foragidos da Justiça são presos após serem identificados por sistema de reconhecimento facial no São João de Campina Grande


Das pessoas identificadas e presas, oito são homens e duas são mulheres. Todos estão na Central de Polícia Civil. Adolescente foi levado para a Central de Polícia Civil, em Campina Grande, após mãe o levar à PM para confessar ato infracional Reprodução/TV Paraíba Ao todo, 10 foragidos da Justiça foram presos após serem identificados pelo sistema de reconhecimento facial implantado no São João de Campina Grande. As prisões aconteceram no Parque do Povo, local em que a festa acontece, na noite da quarta-feira (6). Compartilhe esta notícia no Whatsapp Compartilhe esta notícia no Telegram Das pessoas identificadas e presas, oito são homens e duas são mulheres. Elas também foram detidas em flagrante, suspeitas de tráfico de drogas, com quantidades de entorpecentes que ainda não foram divulgadas. LEIA TAMBÉM: SÃO JOÃO DE CAMPINA GRANDE: entenda proposta de ampliação do Parque do Povo Todas as 10 pessoas estão na Central de Polícia Civil de Campina Grande e devem ser transferidas para o presídio do Serrotão. O reconhecimento facial é feito por meio de câmeras instaladas nas entradas e dentro do Parque do Povo, com imagens supervisionadas em uma central de monitoramento da Polícia Militar. Esse trabalho segue até o fim do evento. Vídeos mais assistidos do g1 Paraíba
Habilitar notificações    OK Não Obrigado