Adjany Simplicio defende desmilitarização da segurança pública da Paraíba


Proposta estabelece discussões sobre o racismo estrutural que, segundo Adjany, atravessa as ações policiais .Pré-candidata do PSOL participou de sabatina na CBN Paraíba. Adjany Simplicio (PSOL) na sabatina da CBN Paraíba com pré-candidatos ao governo da Paraíba nas Eleições 2022 Felipe Lima/TV Cabo Branco A pré-candidata ao governo da Paraíba, Adjany Simplicio (PSOL), afirmou nesta quinta-feira (7) que defende a desmilitarização da segurança pública, de forma que não atinja a população de uma forma violenta e armada. Na sabatina realizada pela rádio CBN e Jornal da Paraíba, Adjany declarou que essa não é uma proposta apenas para a Paraíba, mas sim uma construção refletida nacionalmente, estabelecendo discussões sobre o racismo estrutural que atravessa as ações policiais. "Se discute se é necessário uma abordagem violenta e armada sob uma população desarmada. A gente tem uma polícia fincada em raízes repressoras. A desmilitarização é construir um outro vínculo de atuação profissional, que não é pautado na ação ofensiva e violenta da população. Temos visto uma Polícia Militar muito mais voltada a proteger os prédios público e políticos", declarou Adjany Simplicio durante a sabatina. De acordo com a pré-candidata, a abordagem da polícia comunitária não necessita de armas letais. Para ela, é necessário rediscutir essas abordagens e trazer isso com elementos de imunização dos próprios policiais , a partir da construção de diálogos, amenizando situações de violência e intervenções que não atinjam diretamente os direitos humanos. Criação de PPP Durante a sabatina realizada nesta quinta-feira (7), Adjany Simplicio (PSOL) também discutiu sobre a defesa da Cagepa enquanto instituição estadual, não permitindo que estratégias como Parceria Público-Privada (PPPs) dialoguem com a "possibilidade de privatização". "As PPPs têm que ser uma política muito discutida, porque não é possível a gente transferir para um ente privado a responsabilidade de administração de um ente público. Isso dá abertura para a ideia de privatização. Se em 50 anos os governos não fizeram é porque não assumiram o compromisso de fazer isso", declara a pré-candidata sobre os projetos de ampliação do esgotamento sanitário e abastecimento de água. Sabatina da CBN A sabatina realizada no estúdio da CBN foi mediada por Laerte Cerqueira, com participação de Angélica Nunes e João Paulo Medeiros. A iniciativa faz parte do projeto de cobertura das Eleições 2022 da Rede Paraíba. O objetivo é permitir que o eleitor conheça as propostas, qualidades, ideias e até fraquezas dos principais pré-candidatos ao governo da Estado. Participarão das próximas entrevistas Pedro Cunha Lima (PSDB), Veneziano Vital (MDB) e Nilvan Ferreira (PL). Foi considerado o critério de representação na Câmara Federal, e por isso, os pré-candidatos Antônio Nascimento (PSTU) e Major Fábio (PRTB) não vão participar. Vídeos mais assistidos do g1 Paraíba
Habilitar notificações    OK Não Obrigado